Assine e navegue sem anúncios [+]

PGR recorre de decisões de Toffoli

A Procuradoria-Geral da República (PGR) recorreu de duas decisões do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, que travaram investigações da Lava Jato em São Paulo contra o senador José Serra (PSDB-SP).

Nos documentos, a subprocuradora-geral Lindôra Maria Araújo afirma que o Toffoli criou um foro privilegiado "por geografia" ao ter barrado operação de buscas e apreensões no gabinete do tucano no Senado.

O argumento do ministro foi de que as medidas, autorizadas por juízes de primeira instância, poderiam violar a prerrogativa de foro privilegiado do senador.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK