Pole na Bélgica, Leclerc comemora volta 'incrível' e se vê confortável na ponta

Dominante em quase todas as atividades para o GP da Bélgica, o monegasco Charles Leclerc conseguiu a pole com um desempenho notável na sessão classificatória neste sábado. No entanto, o jovem piloto da Ferrari alertou que o cenário pode mudar rapidamente na corrida no circuito de Spa-Francorchamps.

Leclerc classificou a sua volta de 1min42S519s na qualificação como "incrível". No entanto, o jovem piloto monegasco se mostrou bastante cauteloso, mesmo tendo conquistado a maior margem de vantagem de um pole em relação ao segundo colocado na temporada.

"Acho que fomos rápidos desde o primeiro treino livre, mas uma vez que fizemos as simulações de corrida no treino seguinte, não fomos tão rápidos, então acho que não será fácil amanhã (domingo)", explicou Leclerc. "Vamos tentar dar tudo. A diferença é grande hoje (sábado), mas isso não significa que será assim amanhã, então estaremos trabalhando duro para melhorar o que fizemos ontem (sexta-feira) e veremos", completou.

Um trunfo para Leclerc sustentar a pole e vencer pela primeira vez na Fórmula 1 pode ser a sua melhor adaptação na categoria. O piloto da Ferrari ficou muito perto de triunfar em outras oportunidades neste ano, mas foi atrapalhado por erros da equipe e as próprias falhas individuais. Ele disse que se sente confortável correndo na ponta.

"No começo, parece um pouco estranho chegar à Fórmula 1 quando você está fazendo suas primeiras voltas na liderança, mas quanto mais voltas eu faço na liderança, mais confortável me sinto", declarou.

A Ferrari completou a dobradinha no grid de largada com Sebastian Vettel em segundo. O alemão teve uma boa performance na sessão classificatória e ficou 0s748 atrás de Leclerc.

"No fim, é bom nós termos assegurado a pole. Acho que temos um bom ritmo no carro para amanhã (domingo). O carro estava melhor hoje (sábado), então vamos ver", disse Vettel, que completou um ano sem vitória na categoria no último dia 26. Neste dia, em 2018, ele venceu justamente o GP da Bélgica.