Publicidade
Gravações de vídeo

Polícia indicia suspeitos de extorquir ex-BBB após acidente de trânsito em Curitiba

(Foto: Eduardo)

A Polícia encerrou o inquérito e indiciou os três homens suspeitos de exigir R$ 50 mil para não divulgar vídeos da prisão do ex-BBB Diego Alemão após um acidente de trânsito, em Curitiba. Daniel Alves, testemunha que gravou os vídeos da prisão de Diego, e os advogados Maurício Tesserolli e Walter Fontes foram indiciados por extorsão, associação criminosa e fraude processual.

Leia mais e relembre o caso no blog Plantão de Polícia

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES