Publicidade

Polivalente, Jair revela conversa com Dudamel para ser 1º volante no Atlético-MG

Um dos jogadores que mais brilharam pelo Atlético-MG em 2019, Jair se destacou atuando como primeiro volante, o camisa 5. Nesta temporada, com o técnico venezuelano Rafael Dudamel, o jogador tem atuado mais adiantado - ao lado de Allan, com Zé Welison na cabeça de área - e isso não é a sua preferência. Por isso, uma conversa com o treinador aconteceu nos últimos dias, conforme revelado pelo próprio atleta.

"Eu conversei com o Dudamel. Prefiro jogar um pouco mais atrás, saindo com ela (bola) mais de trás. Com o Zé (Welison), a gente tem marcação mais forte. Com o Nathan, ele infiltra bem, chega bem ao ataque. Quem ele (Rafael Dudamel) escolher, a gente tem que buscar o ataque o tempo todo", disse Jair, nesta terça-feira, em entrevista coletiva na Cidade do Galo.

"A gente conversou bastante, falei pra ele que me sinto mais à vontade como primeiro volante. Ele tem optado que eu saia um pouco mais (para o ataque). O Allan não pôde jogar (contra a Caldense, no último), estava machucado. Estou tentando fazer o que ele tem pedido pra mim", comentou.

Como sempre faz, Dudamel ainda não adiantou o time que vai escalar para enfrentar o Unión, nesta quinta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana - na semana retrasada, na Argentina, o Atlético-MG perdeu por 3 a 0. Allan, suspenso por ter sido expulso, não poderá jogar.

"A gente tem que fazer a melhor partida do ano. Sabemos da dificuldade que vai ser o jogo, reverter o 3 a 0. A gente tem que buscar um pouco a história do Atlético-MG, que já reverteu várias situações adversas, buscar o nosso melhor para conseguir a classificação", frisou Jair.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES