Mercado da bola

Ponte Preta renova com senegalês Papa Faye e deve pagar R$ 500 mil por Moisés

A Ponte Preta anunciou a renovação do contrato do meia-atacante Papa Faye. O jogador senegalês tinha vínculo até 30 de abril, mas estendeu seu vínculo até 30 de maio de 2022. O novo acerto já foi registrado no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"Estou muito feliz em renovar o contrato com a Ponte Preta, equipe com a qual criei um grande carinho, até mesmo por sua linda história", disse o jogador de 24 anos, que se recupera de uma entorse no tornozelo direito.

Ele chegou ao clube paulista através do projeto Ginga Foot, que oferece oportunidade de intercâmbio em clubes do mundo a jovens atletas de países africanos, como Costa do Marfim, Senegal e Camarões.

Agora, a Ponte espera acertar a permanência do atacante Moisés. Para isso acontecer, terá que pagar R$ 500 mil pelos 50% dos direitos econômicos do jogador até 30 de abril. Ele pertence ao Concórdia, de Santa Catarina, e a Ponte Preta tem prioridade em sua compra. O empréstimo do jogador vai até o final deste mês.

Na terça-feira, a Ponte confirmou a volta do meia Renatinho, de 32 anos. Renatinho estava sem clube desde que encerrou seu contrato com o Guangzhou City, da China, em dezembro do ano passado. Ele defendeu o time campineiro no acesso à elite do Campeonato Brasileiro em 2011.

Na terceira colocação do Grupo B do Paulistão, com quatro pontos, o clube de Campinas receberá o Santos na sexta-feira, às 20 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela quinta rodada do Estadual.