Com protocolo sanitário

Portão Cultural reabre com mostra de Yara Martins, mas com limite a 35 pessoas por vez

(Foto: Cesar Brustolin/SMCS Arquivo)

De profundis, da artista plástica Yara Martins, é o nome da mostra com que o Museu Municipal de Arte (MuMA) reabrirá seus espaços expositivos nesta quarta-feira (25/11). Quem quiser ver os trabalhos inéditos da artista, que teve a exposição adiada devido à pandemia do novo coronavírus, terá que cumprir rigorosamente as exigências sanitárias para prevenção da covid. Veja, abaixo, como será o fluxo de acesso ao local.

Nessa mostra, as pinturas abstratas sóbrias e carregadas de religiosidade de Yara dão lugar a reflexões sociais sobre temas como a população de rua ou os grandes e recentes desastres ambientais ocorridos no Brasil, usando novos materiais. Madeira, colagem com tecidos e blocos de grandes dimensões em concreto sobre poliestireno estão entre eles.

A partir de dezembro, “De profundis” poderá ser visitada a distância, por meio do endereço tourvirtual360.com.br. A curadoria é de Arthur do Carmo.

A seguir, também poderão ser visitadas no MuMA mais duas mostras: Afluxos, de Luciana Silveira, a partir de sexta-feira (27/11), e Para Continuar Navegando, exposição de arte digital de Fabiana Caldart e Felipe Gomes, a partir de terça-feira próxima (1º/12). As três ficam abertas até o começo de 2021.

Precauções sanitárias
Chegar ao local usando máscara adequadamente colocada no rosto, verificar a temperatura corporal e higienizar as mãos com álcool em gel disponível na portaria do andar térreo do MuMA, na Avenida República Argentina, são os primeiros passos para visitar a mostra. Na entrada, um funcionário distribuirá senhas e explicará ao público as novas regras de circulação.

As novidades incluem a restrição do acesso a 35 visitantes ao mesmo tempo, tanto para o espaço expositivo quanto para a Casa da Leitura Wilson Bueno, que começará a funcionar também na quarta-feira (25/11), mediante agendamento prévio e sem consulta ou permanência no espaço. A saída será somente pelo subsolo. Durante todo o tempo de permanência, os visitantes deverão estar de máscara.

Do térreo, onde estarão abertos os banheiros, o público subirá pela escada até o 1º andar para a visitação. Apenas pessoas com necessidades especiais poderão usar o elevador. Os visitantes também não poderão retornar ao ponto de chegada..O objetivo do protocolo que estará em vigor no centro cultural é organizar o fluxo de visitantes.

Serviço: reabertura do Muma
Endereço: Avenida República Argentina, 3.432, junto ao terminal de ônibus do Portão
Entrada franca
Livre para todos os públicos