Publicidade
Atuações individuais

Pratas da casa, Léo Pereira e Renan Lodi foram os destaques do Furacão contra o Corinthians

ATUAÇÕES INDIVIDUAIS
 

Santos (6,5)
Testado nos chutes de fora da área, mostrou segurança.

Jonathan (6,0)
Pouco produtivo no apoio teve dificuldades na marcação.

Paulo André (6,5)
Deixou o campo lesionado. Qualidade na saída de bola.

Wanderson (6,5)
Entrou aos 26-1º.
Menos qualidade no passe, mas muita segurança na defesa.

Léo Pereira (7,0)
Muita qualidade na saída de jogo e nas bolas aéreas.

Renan Lodi (7,5)
Jogador mais perigoso do Furacão. Teve duas boas chances na segunda etapa.

Wellington (6,5)
Forte na defesa, foi decisivo na jogada mais perigosa do Corinthians, aos 41-1º.

Lucho González (6,5)
Qualidade no apoio. Organizou o meio de campo atleticano.

Marcelo Cirino (6,5)
Puxou os contra-ataques do time no 1º tempo. Depois, caiu de produção.

Raphael Veiga (6,0)
Participou bastante do jogo, mas faltou acertar o pé na bola parada.

Bruno Nazário (S/N)
Entrou aos 40-2º.
Pouco tempo em campo. Sem nota.

Marcinho (6,0)
Dois chutes perigosos a gol. E não fez muito mais que isso.

Nikão (5,0)
Entrou aos 22-2º.
Errou demais e acabou mais atrapalhando do que ajudando.

Pablo (5,0)
Participou pouco do jogo. Pecou nos passes e perdeu seis vezes a posse.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES