Publicidade
Chico Brasileiro e Nelson Meurer

Prefeito de Foz do Iguaçu é diagnosticado com Covid-19 e ex-deputado federal é internado com suspeita de contaminação

(Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

Mais um caso de coronavírus foi confirmado entre políticos do Paraná, enquanto um ex-deputado federal pelo estado, nome de destaque na Operação Lava Jato, precisou ser internado com suspeita de Covid-19.

O caso confirmado foi o do prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, que realizou o exame na última segunda-feira (6 de julho) no Hospital Municipal Padre Germano Lauck. De acordo com a Prefeitura, Brasileiro está bem, em isolamento domiciliar, e seguirá trabalhando de forma remota, de sua casa.

Já o caso de suspeita da doença e que exigiu internação é o do ex-deputado federal Nelson Meurer, de 77 anos. O ex-parlamentar está internado em um hospital de Francisco Beltrão e já realizou um primeiro teste para coronavírus, que deu negativo para a doença. Agora, Meurer aguarda o resultado de uma contraprova.

Primeiro político a ser condenado pela Operação Lava Jato, por crimes cometidos entre 2006 e 2014, Meurer está cumprindo atualmente uma pena de 13 anos, 9 meses e 10 dias de prisão na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, em regime fechado. Em abril, ele chegou a fazer um pedido para que pudesse ficar em prisão domiciliar, mas o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federa (STF), recusou o pedido.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES