Viralizou

Prefeitura de Almirante Tamandaré afasta médica que xingou paciente nas redes sociais

(Foto: Reprodução)

A Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), afastou a médica que usou uma rede social para reclamar e xingar pacientes por ter buscado atendimento durante a madrugada num pronto socorro. "Tem que ser muito FILHA DE UMA P*** pra vir 1 da manhã no pronto socorro por conta de infecção urinária viu. Não tem outra expressão pra descrever (sic)", escreveu a profissional de saúde em sua rede social no último sábado.

Na nota, a prefeitura lamentou o ocorrido e afirmou que a conduta da médica é diferente das publicações. "Segundo os colegas, [a médica] sempre atendeu todos os pacientes com muito respeito e simpatia, sem reclamações por parte da população. Não tínhamos conhecimento destas publicações até o momento".

De acordo com a prefeitura, a médica é contratada por meio de uma empresa terceirizada e realizava plantões todas às terças-feiras na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Almirante Tamandaré: "Mas, devido ao fato, está suspensa das atividades de atendimento na UPA 24h deste município, até que tudo seja esclarecido".

O Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) decidiu nesta segunda-feira (23) abrir uma sindicância para apurar a conduta de uma médica que acabou viralizando no final de semana nas redes sociaisNas redes sociais, usuários encontraram e expuseram outras publicações da médica com ofensas a pacientes. Numa delas, feita em abril deste ano, a profissional reclama de pacientes que vão ao pronto socorro em feriado 'por uma coisa que você já tá sentindo há mais de 30 dias'. Noutra, do último dia 17, critica gestantes que vão pra UPA quando começaram a parir. "PQP MULHER ME DEIXA EM PAAAAAAZ", escreveu a médica.