Servidores

Prefeitura de Curitiba e sindicatos iniciam reuniões de negociação da pauta de 2022

(Foto: Hully Paiva/SMCS)

Gestores e técnicos da Prefeitura de Curitiba deram início, nesta semana, às reuniões de negociação com os dirigentes dos sindicatos. O Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) foi o primeiro recebido e debateu os temas da pauta apresentada no início do ano em duas reuniões realizadas na sede da Secretaria de Administração, Gestão de Pessoal e Tecnologia da Informação (Smap).

Os encontros foram conduzidos pela superintendente de Gestão de Pessoal, Luciana Varassin, com os gestores da Secretaria da Educação (SME).

Nesta sexta-feira (1/7), dentre os assuntos abordados estavam questões como remanejamento e hora-atividade.

A superintendente de Gestão Educacional da Secretaria da Educação, Andressa Woellner Duarte Pereira, informou que os pedidos de remanejamento formulados por escrito serão avaliados de forma sensível pela SME.

Ela esclareceu que a hora-atividade deve ser cumprida segundo o cronograma e conforme a legislação. Quando não for possível, o servidor deverá assinalar no registro de frequência essa ocorrência e depois, quando feita a reposição, ela deverá ser registrada.

Data-base, previdência e plano de saúde
Durante reunião na quarta-feira (29/6), a primeira da semana, também com o Sismmac, foram debatidos temas relativos ao reajuste salarial, ao IPMC (Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba) e ao ICS (Instituto Curitiba de Saúde).

A Smap ressaltou que a data-base de 2022 vai ocorrer em outubro, para que a discussão dos reajustes ocorra mais próxima da elaboração do orçamento do Município. Foi destacado também que o piso salarial dos professores de docência I da Prefeitura de Curitiba, que têm jornada de 20h semanais, está acima do piso nacional.

O diretor da previdência do IPMC, Hélio José Pizzatto, representou o Instituto na reunião. Ele explicou que, com a reforma da previdência municipal aprovada no último ano, a previdência dos servidores se adequou ao que diz a Emenda Constitucional 103/2019, aprovada pelo governo federal. A reforma foi necessária para corrigir o déficit atuarial.

Novas reuniões
Todas as reuniões com os sindicatos de servidores municipais são conduzidas pela equipe da Smap, e as atas dos encontros ficam disponíveis no Portal do Servidor.

Para acessá-las, basta clicar, na parte inferior do site, o termo Documentos de Negociação Sindical. Em seguida, é preciso escolher o sindicato que procura. As atas estão enumeradas de acordo com a data das reuniões.

Durante o mês de julho, a Prefeitura também vai participar de reuniões com Sismuc (Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba) e Sigmuc (Sindicato dos Guardas Municipais de Curitiba), que também apresentaram suas pautas.

Presenças
Participaram da reunião desta sexta-feira (1/7) o superintendente executivo da Secretaria Municipal da Educação, Oséias Santos de Oliveira, a chefe do Departamento de Inclusão e Atendimento Educacional Especializado, Gislaine Coimbra Budel, o assessor da Smap, Sérgio Mahlmann, além de técnicos das duas pastas – Smap e Educação.

E ainda a presidente do Sismmac, Diana Cristina de Abreu; as diretoras do Sindicato Cláudia Silva Pereira dos Santos e Vanessa Ascenção Monteiro, a assessora jurídica do Sismmac, Camila Rafanhim, as suplentes Adriane Alves da Silva e Jokasta Pires Vieira Ferraz.