Pandemia

Prefeitura de Curitiba vai disponibilizar 50 mil testes combinados

Testes combinados
Testes combinados (Foto: Divulgação/Curitiba.pr.gov.br)

Cinquenta mil testes rápidos combinados, que identificam, além do coronavírus, os vírus influenza A e B, foram adquiridos pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, com recursos próprios do município. O objetivo é usar os exames no apoio ao enfrentamento do incremento de casos de covid-19 e gripe, priorizando a força de trabalho dos profissionais de saúde e casos mais complexos.

Seguindo determinação do Comitê de Técnica e Ética Médica, a aplicação dos testes combinados será priorizada para os seguintes grupos: profissionais de saúde que atuam no serviço municipal de saúde que estejam com sintomas respiratórios ou que tenham tido contato com pessoas com sintomas respiratórios; pacientes de unidades de saúde e UPAs de Curitiba com casos moderados e graves de síndrome respiratório e profissionais de saúde de hospitais que prestam atendimento ao SUS, e que estejam com sintomas respiratórios ou que tiveram contato com pessoas com sintomas respiratórios.

“Com o incremento do número de casos de covid-19, concomitantemente a circulação de uma nova cepa de influenza H3N2, adquirimos esses testes, com recursos próprios, para priorizar o funcionamento dos serviços de saúde do SUS e o atendimento dos pacientes com síndrome respiratória que mais precisam de celeridade no diagnóstico”, explica a secretária municipal da saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

Nesta quinta-feira (27/1), em reunião virtual, a SMS definiu com os hospitais do município que atendem ao SUS as regras e como será o fluxo para a realização dos exames. A partir desta sexta-feira (28/1), os testes combinados começam a ser distribuídos na rede.

Outros testes
Além dos testes rápidos combinados, o SUS Curitibano permanece oferecendo aos pacientes sintomáticos respiratórios exames de PCR e testes rápidos de antígeno, para identificação de covid-19. A orientação é que em casos de sintomas leves, o paciente entre em contato com a central 3350-9000, que deverá orientar sobre o isolamento e o melhor momento para fazer o exame, assim como o local a ser realizado.

Apenas em casos de sintomas moderados ou graves, a indicação é buscar diretamente uma das doze unidades que estão atendendo exclusivamente sintomas respiratórios em horário estendido, das 7h às 20h.

Pessoas com situação de urgências e emergências – em que há risco iminente de morte – devem buscar uma das seguintes UPAs: Boa Vista, Sítio Cercado, Cajuru, Campo Comprido, CIC, Tatuquara e Pinheirinho, que funcionam diariamente, 24 horas.