Prefeitura do Rio suspende exigência do passaporte vacinal

A prefeitura do Rio de Janeiro decidiu suspender a exigência do passaporte de vacinação para a entrada em locais de acesso público como estádios, cinemas, teatros, espaços de shows e museus. A decisão se baseou em recomendação feita na manhã desta segunda-feira, 25, pelo comitê de especialistas que assessora a prefeitura em temas relacionados à covid-19.

"Será suspenso o passaporte da vacina por recomendação do Comitê Científico!", anunciou o prefeito Eduardo Paes (PSD) pelo Twitter. A decisão deve ser publicada na edição de terça-feira, 26, do Diário Oficial do Município.

O passaporte vacinal era exigido desde 12 de novembro de 2021, como um dos meios de combate à pandemia causada pelo coronavírus. O Comitê Especial de Enfrentamento da Covid-19 fez a proposta "com base no atual panorama epidemiológico, que se mantém favorável e estável", segundo nota da secretaria municipal de Saúde. Mas a pasta alertou que, caso haja mudança neste cenário, o passaporte pode voltar a ser exigido.