Publicidade
Seminário

Prefeitura retoma obra da trincheira da Mário Tourinho

Motoristas devem prestar atenção para eventuais desvios na região
Motoristas devem prestar atenção para eventuais desvios na região (Foto: Franklin de Freitas)

A Prefeitura de Curitiba retomou, nesta segunda-feira (7), a obra da trincheira da Avenida Mário Tourinho com a Avenida Nossa Senhora Aparecida, no Seminário. A obra, anunciada no ano passado, começa com a instalação de estacas para a confecção da trincheira. “Trincheira nova para servir a linha Inter Bairros 2 e melhorar a mobilidade urbana entre Batel, Campina do Siqueira, Campo Comprido e Portão Fazendinha”, postou o prefeito Rafael Greca nas redes sociais.

“Começamos esta semana a obra tão esperada. Trincheira onde a avenida tronco Mário Tourinho cruza a Nossa Senhora Aparecida. Os bloqueios — adiados para não prejudicar o comércio na época festiva — serão entre hoje (ontem) e quarta-feira (amanhã), quando começa a cravação de estacas suecas, importadas especialmente para o local. O tempo de obra será o menor possível. Haverá trajetos alternativos naquele gargalo de tráfego. Informe-se e saiba desviar seu Itinerário”, escreveu o prefeito.

A previsão contratual é que a trincheira esteja pronta em dez meses, período em que o acesso norte da Rua Mário Tourinho, no sentido Barigui e BR-277, estará fechado ao tráfego. No sentido Sul, a Mario Tourinho terá sempre uma via de acesso aberta durante o período das obras, para quem se desloca da Região do Barigui ou vem da BR-277 seguindo à região do Portão.

Para que sejam implantadas as estacas de sustentação da estrutura, a Avenida Nossa Senhora Aparecida terá tráfego interrompido no trecho por seis meses, sendo integralmente reaberta após esse período

Serão garantidos os acessos aos moradores, comerciantes e clientes dos estabelecimentos próximos da obra, bem como sinalizados os desvios para garantir a trânsito seguro de pedestres e ciclistas que passam pela região.

Por mês, 486 placas de trânsito são trocadas na Capital

Todo mês, são implantadas 486 placas de trânsito em Curitiba, entre as novas confeccionadas em fábrica própria da Prefeitura e aquelas que precisaram ser substituídas, por vandalismo ou por terem sido destruídas em um acidente. Este serviço faz parte da grandeza que é cuidar do trânsito da Capital. São desde intervenções pontuais, como uma nova placa, mais tachões na pista, passando por uma reestruturação de nível médio, como a implantação de um semáforo, até alterações viárias, como mudanças de sentido nas ruas.

Como forma de organizar melhor a circulação de veículos e garantir mais segurança na travessia de pedestres, 16 novos semáforos foram instalados em 2018 e foram feitas 16 alterações de sentido nas ruas. E cerca de mil tachões refletivos ou calotas foram colocados em trechos considerados mais sensíveis para reduzir a imprudência e dar mais segurança viária.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES