Publicidade
Mercado da bola

Presidente do Coritiba diz que Wilson pode deixar o clube em 2019

Presidente do Coritiba diz que Wilson pode deixar o clube em 2019
(Foto: Geraldo Bubniak)

Um dos poucos (se não o único) ídolo da torcida coxa-branca no atual elenco do Coritiba, o goleiro Wilson pode estar com os dias contados no Alto da Glória. Em entrevista à Rádio Banda B concedida ontem (08 de novembro), o presidente do clube, Samir Namur, revelou que o jogador pode ter de deixar o Alto da Glória por conta de um ajuste orçamentário.

Com mais um ano na Série B, o Coritiba terá de reduzir drasticamente os gastos por conta de uma brusca queda de receitas, decorrente da redução da verba pelos direitos de transmissão pela TV do campeonato nacional. Como o goleiro tem um dos salários mais altos, uma negociação envolvendo o atleta não é descartada.

"Imagino que, no momento de formação do elenco, a gente vá fazer um esforço grande para manter o Wilson, até por tudo que ele representa para o clube. Mas é possível que chegue num momento que a gente fale que não", disse o dirigente. "Pode ser que chegue uma proposta por ele, porque é um atleta que tem mercado. Então é possível, sim, que ele saia. Mas é possível também que ele fique".

Aos 35 anos, Wilson está em tratamento após sofrer uma lesão no ligamento cruazado do joelho direito e só voltará a jogar em 2019. Seu contrato com o Coxa foi renovado em março de 2017 e é válido até 2020. Quando renovou o vínculo, inclusive, o goleiro falou que seu desejo era encerrar a carreira no Alto da Glória.

Foto: Geraldo Bubniak

 

DESTAQUES DOS EDITORES