2019

Presidente do Coritiba explica 11 demissões e fala sobre Wilson

Samir Namur
Samir Namur (Foto: Geraldo Bubniak)

O presidente do Coritiba, Samir Namur, explicou a demissão do auxiliar-técnico Tcheco e de outros dez profissionais do departamento de futebol. “Foram 11 profissionais do departamento de futebol. Isso se deu pela questão financeira. Muitos desses desligamentos são de pessoas que têm histórico dentro do clube, pessoas que a gente gosta, que a gente tinha ótimo relacionamento, mas o nosso dever maior é administrar o clube”, declarou o dirigente, em entrevista coletiva, nessa terça-feira (dia 20). “Tínhamos quatro preparadores físicos e três auxiliares”, comentou. 

Na coletiva, Samir também respondeu sobre a possibilidade do goleiro Wilson ser negociado em 2019. Ele é um dos quatro jogadores do elenco com salários acima dos R$ 100 mil mensais. A ideia da diretoria é reduzir a folha salarial na próxima temporada. “Wilson podemos tentar buscar manter. Não temos ainda proposta para ele. É muito possível que fique mesmo com salário alto”, disse o presidente. “Alecsandro tem o maior salário de elenco. Não conversamos ainda, mas financeiramente seria difícil. Abner ainda não conversamos, e a palavra do Argel e Pastana será muito importante”, completou.