Publicidade
Pré-temporada

Presidente do Coritiba prevê receita de R$ 46 milhões para 2019

Entrevistas no Media Day do Coritiba
Entrevistas no Media Day do Coritiba (Foto: Ernani Ogata)

O presidente do Coritiba, Samir Namur, falou em entrevista coletiva nessa segunda-feira (dia 7), durante o chamado Media Day – quando o clube apresenta jogadores e projetos para a nova temporada. “O que foi aprovado foi a receita de R$ 46 milhões. É possível que aumente durante o ano. Temos negociação de transmissão em andamento. A principal fonte de renda do clube é o seu sócio torcedor”, disse Namur. O Coritiba teve arrecadação de R$ 110 milhões em 2017 e de R$ 85 milhões em 2018, segundo declarações de Samir Namur no ano passado.

“O sócio pode pagar sua anuidade antecipada, com 12% de desconto, ganhar um ingresso extra para todos os jogos do campeonato paranaense. Faço um apelo que quem puder que possa antecipar sua anuidade”, declarou. Veja abaixo outros assuntos respondidos por Samir Namur.

AJUDA DO EX-PRESIDENTE VILSON RIBEIRO DE ANDRADE
“O final de ano foi conturbado na questão política. Uma série de articulações nos bastidores. O presidente Vilson nos ajudou, e não somente a minha pessoa, mas a instituição. E temos esta aproximação para nos ajudar a buscar receitas”

CAMPEONATO PARANAENSE
“A importância do Campeonato Paranaense é sim muito grande. Temos como objetivo buscar o título. Com isso é natural a torcida dar uma resposta melhor, e contamos com isso também”

CATEGORIAS DE BASE
“Esta diretoria teve um perfil diferente quando começou, sem julgar outras pessoas. A utilização da base foi uma delas. E temos agora um momento delicado e revisamos tudo isso. A base vai ser utilizada sim, sempre vamos buscar isto”

ARGEL FUCKS
“Um dos pontos é a questão da permanência do técnico Argel. Em 2018 tivemos 4 técnicos diferentes, mas sabemos da necessidade de trabalhos a longo prazo. O conhecimento do dia a dia nos surpreende positivamente”

“Temos ciência que a pressão do ano passado vai continuar este ano. Argel tem um perfil que consegue suportar bem estes momentos. A experiência dele, tudo isto foi muito considerado”

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES