Publicidade
Risco de impeachment

Presidente do Coritiba tenta articular para evitar impeachment

Samir Namur","
Samir Namur"," (Foto: Geraldo Bubniak)

O presidente do Coritiba, Samir Namur, tentou articular para evitar seu impeachment dentro do clube. Segundo informações do jornalista Napoleão de Almeida, do UOL, o dirigente enviou uma carta a 85 conselheiros para chama-los para uma reunião na próxima segunda-feira (19). Nela, ele iria debater a situação e o futuro do clube.

Os conselheiros procurados por Namur havia assinado um documento pedindo uma Assembleia Geral de Sócios, que poderia resultar na destituição do atual presidente. A lista de conselheiros tem nomes de peso na política do clube, como os ex-presidentes João Jacob Mehl e Joel Malucelli.

Na carta, Namur disse ainda que que a instabilidade política atrapalhou a contratração com novo gerente de futebol, Rodrigo Pastana (ex-Paraná Clube), cuja negociação ficou suspensa. Sem definir o gerente de futebol, o clube não conseguirá, por tabela, contratar jogadores ou definir o treinador – a permanência de Argel Fucks é incerta, mas não estaria descartada.

"Por conta da instabilidade causada pela 'publicização' do requerimento e assinatura para Assembleia Geral com o objetivo de destituir o Presidente, a atual diretoria já vem enfrentando dificuldades nas tratativas com profissionais para 2019; em caso de prolongamento dessa questão os prejuízos para o Clube nos próximos meses podem ser irreversíveis", diz o texto.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES