MP

Presidente do Paraná Clube se encontra com Bolsonaro

Leonardo de Oliveira com Bolsonaro
Leonardo de Oliveira com Bolsonaro (Foto: Divulgação/Paraná Clube)

O presidente do Paraná Clube, Leonardo de Oliveira, esteve reunido com o presidente da República, Jair Bolsonaro, nessa quarta-feira (dia 30) em Brasília. “Presidente Leonardo Oliveira e os demais representantes dos clubes da Série B estiveram com o Presidente da República, @jairbolsonaro, em Brasília. O objetivo do encontro foi confirmar o apoio à MP 984/2020, que muda regras sobre direito de transmissão de eventos esportivos”, informou o clube.

A MP, que dá o direito de transmissão para o mandante da partida, está perto de caducar (perder efeito). Os dirigentes pretendem transformar a regra em lei, mas precisam de apoio político no Congresso. Outra ideia é reeditar a MP em janeiro de 2021.

Um grupo de 45 clubes está em Brasília para pressionar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e para conseguir mais apoio de Bolsonaro.

O grupo de clubes perdeu o apoio de Atlético-MG, Sport, Internacional e Corinthians. Outros quatro clubes (São Paulo, Grêmio, Fluminense e Botafogo) nunca apoiaram essa MP.

O movimento a favor da MP, chamado de Futebol Mais Livre, conta com apoio de 12 clubes da Série A: Athletico, Atlético-GO, Bahia, Ceará, Coritiba, Flamengo, Fortaleza, Goiás, Red Bull Bragantino, Palmeiras, Santos e Vasco. Em outras divisões, o grupo tem: Paraná Clube, ABC, América-MG, América-RN, Avaí, Bahia de Feira, Botafogo-PB, Botafogo de Ribeirão Preto, Brasil de Pelotas, Cascavel, Chapecoense, Confiança, CRB, Cruzeiro, CSA, Cuiabá, Ferroviário, Figueirense, Frei Paulistano, Guarani, Imperatriz, Juventude, Paysandu, Londrina, Manaus FC, Náutico, Oeste, Operário, Remo, River-PI Sampaio Corrêa, Santa Cruz, Vila Nova e Vitória.