Publicidade
Segurança

Presidente do Sindicato dos agentes penitenciários denuncia cartas com ameaças de presos

Presidente do Sindicato dos agentes penitenciários denuncia cartas com ameaças de presos
(Foto: Reprodução)

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen), Ricardo Miranda, denunciou ameaças de presos que recebeu por meio de carta enviada pelo correio. A denúncia foi publicada no site da entidade. Segundo o sindicato, as ameaças foram motivadas pelas solicitações que Miranda teria feito para melhorar a segurança dos agentes penitenciários nas unidades do estado. O pedido foi feito após situações como a fuga de presos da Penitenciária Estadual de Piraquara I (PEP I).

Os remetentes afirmam que o Sindarspen estaria prejudicando a “família” e “desafiando a força” dos criminosos.

“Sr. Ricardo avisamos que deveria deixar a família de lado maiz o senhor pago pra ver agora o senhor vai ter as consequências nossos irmãos forão mandados pra presídio federal então o senhor tá desafiando a nossa força fica indo na imprensa noz prejudica e acabarão mandando nossos irmãos pro veneno”, diz um trecho da carta. Além disso, os presos pedem a volta do antigo gestor do Departametno Penitenciário (DEPEN),

O sindicato, por meio da assessoria, informou que protocolou um pedido de providencias junto ao Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), no Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) e no Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública (GAESP) do Ministério Público.

Procurada a Secretaria de Segurança Pública informou que "o Depen está prestando todo o apoio necessário e irá auxiliar nas investigações."

DESTAQUES DOS EDITORES