Publicidade

Pressionado, Vasco tenta tirar diferença de 2 gols na final contra o Flamengo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o favoritismo e uma margem de dois gols conquistada no jogo de ida, o Flamengo recebe neste domingo (21) o Vasco para a finalíssima do Campeonato Carioca.

A partida, que começa às 16h, no Maracanã, opõe os dois clubes em situações opostas. De um lado, o Vasco vem de uma derrota para o Santos, na quarta-feira (17), pela Copa do Brasil. Do outro, o Flamengo é líder do seu grupo na Libertadores -após uma goleada por 6 a 1 sobre o San José (BOL) na semana passada.

O clima pesado no Vasco levou torcedores a atirarem ovos no ônibus que transportava a delegação após o desembarque no aeroporto Santos Dumont, na quinta.

Pressionado, o técnico Alberto Valentim espera até os últimos instantes para decidir a escalação. Rossi, que ainda se recupera de uma lesão na coxa esquerda, pode ser opção.

No Flamengo, o técnico Abel Braga aproveitou o treino desta sexta-feira (19) para testar uma escalação sem Everton Ribeiro e Gabriel. Eles foram substituídos por Vitinho e Uribe.

O treinador não poderá contar com Bruno Henrique, que está suspenso. Com isso, Diego deve começar jogando.

Em entrevista coletiva, o lateral esquerdo Renê evitou o clima de "já ganhou" e ressaltou a importância de manter a atenção no sistema defensivo. "Nossa defesa sabe que, se não levarmos gol, o título é nosso. Estamos focados nisso", afirmou.

No Engenhão, no jogo de ida, o Flamengo venceu por 2 a 0. Logo, o clube rubro-negro pode até perder por um gol de diferença que ainda assim será o campeão carioca de 2019.

FLAMENGO

Diego Alves, Renê, Rodrigo Caio, Léo Duarte, Pará; Cuéllar, Willian Arão, Diego; Arrascaeta, Everton Ribeiro (Vitinho) e Gabriel (Uribe). T.: Abel Braga

VASCO

F. Miguel, Danilo, Castán, Werley, Cáceres; Lucas Mineiro, Raul, Pikachu; Marrony, Yan Sasse e Maxi López. T.: Alberto Valentim.

Estádio: Maracanã, no Rio

Horário: 16h deste domingo

Juiz: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES