mudança de Estação

Primavera desencadeia aumento das alergias respiratórias

(Foto: Daniel Castellano/SMCS)

Quem convive com doenças como a rinite, sinusite, asma e bronquite já começa a ficar em alerta: a polinização, que é mais intensa com a chegada da primavera traz uma piora considerável para as alergias respiratórias. No Brasil, 30% da população possui algum tipo de alergia. A rinite alérgica está presente em 25% dos indivíduos do país, seguido pela asma alérgica, que atinge cerca de 20% da população infantil e adolescente.

“Espirros seguidos ou em crises, coriza aquosa e obstrução nasal são sintomas que também podem ser intensificados por outros alergênicos, como poeira, ácaros, fungos, entre outros”, explica o especialista em bacteriologia do Lanac, Marcos Kozlowski.