Publicidade
Nomeada

Priscilla Placha Sá é a nova desembargadora do TJ-PR pelo quinto constitucional

(Foto: Divulgação/OAB)

A advogada Priscilla Placha Sá é a nova desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) pelo quinto constitucional. Ela foi nomeada nesta segunda-feira (9) pelo governador do Paraná, Carlos Roberto Massa Júnior, para assumir a vaga após o Pleno do TJ ter definido a lista tríplice, integrada também por Alexandre Hellender de Quadros e Sandro Marcelo Kozikoski.

Os três nomes escolhidos pelo Tribunal foram selecionados da lista sêxtupla formulada pelo Conselho Pleno da OAB Paraná no dia 7 de junho. Integraram essa lista os seguintes advogados: Alexandre Hellender de Quadros, Priscilla Placha Sá, Sandro Marcelo Kozikoski, Iverly Antiqueira, Carla Karpstein e Marco Antonio Dias Lima Castro.

“O quinto constitucional da advocacia estará fortalecido com a presença da Dra. Priscilla. É uma pessoa que conhece a realidade da advocacia e que prestou inúmeros serviços à OAB, notadamente na área de prerrogativas profissionais. Essa experiência levará ao TJPR, com certeza, novas ideias e o sentimento dos advogados e advogadas que militam diariamente na promoção da Justiça. Queremos cumprimentar também os demais concorrentes que disponibilizaram seus nomes para essa escolha. A OAB formou uma excelente lista, capaz de dignificar nossa representação”, destaca o presidente da seccional, Cássio Telles.

Trajetória
Formada em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba (1999), Priscilla Placha Sá é especialista em Direito Processual penal pela PUCPR (2002). Mestra em Direito Econômico e Social pela PUCPR (2005). Doutora em Direito do Estado pela UFPR (2013). Escola de Verão na Georg-August-Universität Göttingen – Göttingen – Alemanha (2014). Membro do Grupo de Estudos Modernas Tendências do Sistema Criminal (2012-). Membro do Núcleo de Estudos de Direito Internacional da PUCPR (2013-2017). Co-Coordenadora do Núcleo de Política Criminal e Criminologia da UFPR (2017-2018). Professora Adjunta da PUCPR e da UFPR, tanto da graduação quanto da pós-graduação.

Foi conselheira estadual titular da OAB/PR (2007-2009/2010-2012), presidente da Comissão de Direitos Humanos (2010), presidente da Comissão da Advocacia Criminal (2013-2015), da qual foi consultora (2016-2018), presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas Profissionais (2016-2018), da qual atualmente é consultora (2019-2021). Também foi membro das Comissões da Criança e do Adolescente (2016-2018) e consultora da Comissão de Estudos de Violência de Gênero (2016-2018).

A advogada vai ocupar a vaga que está aberta desde o falecimento do magistrado Cláudio de Andrade.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES