Publicidade
Aposentadoria

Procurador Carlos Fernando dos Santos Lima pede afastamento da Lava Jato

(Foto: Reprodução Facebook)

O procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima, considerado um estrategista na Operação Lava Jato em Curitiba, não faz mais parte da força tarefa. Ele pediu afastamento na semana passada para se dedicar exclusivamente às atribuições que tem na Procuradoria Regional da República da 3ª Região, que atua no Tribunal Regional Federal de São Paulo.

A saída da força-tarefa, que ainda não foi publicada em Diário Oficial, seria parte de uma decisão relacionada à aposentadoria que Santos Lima pediu. Ele deve se aposentar no início do ano que vem. O procurador, de 54 anos, participou da Lava Jato desde o início, em março de 2014. A experiência em acordos de delação premiada também fazia com que ocupasse o papel de negociador de colaborações.

Segundo a assessoria do Ministério Público Federal, Carlos Fernando dos Santos Lima será substituído na força-tarefa, mas o nome do procurador que vai assumir a vaga ainda não foi confirmado.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES