Luto

Professora de educação infantil de 44 anos de Curitiba morre por Covid-19 e gera comoção

(Foto: Reprodução)

A professora de educação infantil Fernanda Nassar Woiczack, 44 anos, morreu nesta sexta-feira (17), vítima de complicações do novo coronavírus. Ela estava internada no Hospital Cruz Vermelha, em Curitiba, onde faleceu. O velório acontece na Capela Vaticano, até às 14h. O sepultamento estava previsto paraas 15 horas, no Cemitério Vaticano, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba.

Servidora pública da Prefeitura de Curitiba desde 2003, Fernanda era professora no CMEI Solitude, no Cajuru. Durante sua trajetória na rede municipal de educação foi sindicalizada ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Curitiba (Sismuc) por seis anos.

As professoras do CMEI Solitude, que trabalharam por anos com Fernanda, que tinha o apelido carinhoso de “Turquinha”, estão de luto pela morte da colega que estava em trabalho presencial quando ficou doente. Em redes sociais, várias professoras e demais colegas estão manifestando o sentimento de tristeza pelo falecimento.

"Infelizmente é mais uma vida que se perde para irresponsabilidade dos governos que tentam impor uma volta à normalidade, mesmo com a continuidade da pandemia de Covid-19. Nesta semana a Secretaria Municipal de Educação (SME) começou a anunciar o retorno presencial 100% das crianças nos CMEIS e estudantes nas escolas da rede. Uma atitude irresponsável, diante da gravidade da pandemia e dos riscos para trabalhadores e usuários da rede. As crianças e adolescentes ainda não foram vacinadas e podem ser contaminados e transmitir a doença, afinal a maioria dos equipamentos não possuem condições adequadas para o distanciamento social preventivo, nem ventilação adequada, entre outros fatores", diz nota do Sismuc. "Neste momento de dor e luto, a direção do SISMUC expressa a sua solidariedade à família, aos amigos e colegas de trabalho pela perda irreparável"