Publicidade
Mãos à obra!

Desempregada há seis anos, formada em Direito pede trabalho em rua movimentada de Curitiba

(Foto: Henry Milleo.)

Com um índice de desemprego em torno de 11,8%, no período encerrado em setembro, segundo o IBGE, e com cerca de 12,5 milhões de pessoas desempregadas no país, a economia brasileira ainda mostra passos tímidos no sentido da recuperação. Com isso, muitas pessoas enfrentam diariamente, sites de vagas na internet e filas quilométricas atrás de uma recolocação no mercado de trabalho.


Até para quem possui formação acadêmica, as coisas não andam tranquilas. Vanessa Rocha, formada em Direito (e atualmente cursando Letras), encontra-se desempregada há seis anos. Com isso, recebeu uma notificação extrajudicial de despejo. Cansada de não obter resultados nas suas buscas pela conquista de uma vaga, ela optou por uma atitude inusitada: pedir emprego em uma das vias mais movimentadas de Curitiba.


Na tarde desta segunda (18), Vanessa foi flagrada pela equipe do Bem Paraná, na avenida Cândido de Abreu, portando um cartaz com a frase "preciso de um emprego". Para ela, a ação foi um passo natural para tentar reverter esse quadro.


"Já enviei muitos emails com meu currículo, e foram nulas as propostas. Tem quem possa achar estranha a atitude de pedir emprego numa rua movimentada, mas a única coisa que me importa é conseguir retornar ao mercado de trabalho".


Há alguns anos atrás, Vanessa já havia tomado a mesma iniciativa de pedir emprego em via pública, mas ainda estava no ensino médio quando isso ocorreu. Agora, sabe que o cenário é diferente, mas mesmo assim acredita que sua ação possa resultar em algo positivo.
"Anteriormente, minha atitude rendeu três propostas, mas infelizmente acabei escolhendo a opção errada. Acabei demitida em menos de um mês. Eu estou acreditando firmemente que agora tudo possa vir a ser diferente".


Vanessa alega que, apesar de todas as dificuldades, fez questão de investir na sua capacitação na área de Direito, tendo inclusive, atuado como profissional em estágios e experiências freelancers. Questionada sobre a possibilidade de tentar enveredar por outra área, ela afirma: "Tenho experiência na área administrativa, inclusive como recepcionista, mas muitas das vagas exigem a graduação em Administração. Mas estou disposta a trabalhar, é isso que me move. Claro que se for na minha área de formação, melhor ainda".


Para quem deseja colaborar com o sonho de Vanessa em se reposicionar no mercado de trabalho, pode entrar em contato com ela no email mizuhr@yahoo.com.br. Enquanto o cenário não muda, ela deixa claro que não pretende parar com a sua busca.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES