Olimpíada

'Prontas para as quartas', diz Rafaelle após partida tensa contra a Zâmbia

Uma vitória difícil em uma partida disputada, com direito a uma substituição a mais e 14 minutos de acréscimo no primeiro tempo. Nem todos os obstáculos conseguiram tirar o brilho da seleção brasileira de futebol feminino ao vencer a Zâmbia por 1 a 0, nesta terça, e avançar para as quartas de final nas Olimpíadas de Tóquio-2020.

"Foi um jogo bem difícil, bem truncado e infelizmente saímos com algumas jogadoras machucadas", comentou a jogadora Rafaelle. A zagueira, que assumiu a braçadeira de Capitã na partida com as saídas de Formiga e Marta, fez considerações sobre a equipe adversária.

"É o estilo do futebol africano, de muito contato, elas jogam muito na velocidade e a gente acaba se chocando bastante. E elas estavam buscando o resultado, acho que dependiam dessa vitória hoje, então estavam querendo essa vitória a todo preço, enquanto a gente precisava tomar um pouco mais de cuidado", disse Rafaelle.

A partida contou com um episódio preocupante quando Bia Zaneratto se chocou com Kudananji, no primeiro tempo, que obrigou a realização de uma substituição a mais que o limite convencional. Além dessa necessária troca, foram realizadas outras cinco, causando diversas alterações na seleção brasileira em comparação com as partidas anteriores. De acordo com a zagueira, no entanto, isso trouxe um impacto positivo, garantindo a melhor composição da equipe para enfrentar o Canadá nas quartas de final. A partida remete ao embate na Rio 2016, quando as equipes se encontraram para decidir a medalha de bronze, com vitória por 2 a 1 para as canadenses.

"É claro que tínhamos mais entrosamento com o time que começou jogando contra China e Holanda, pois fizemos dois jogos juntas na competição e isso acaba ajudando um pouco. Mas acho que as meninas que entraram hoje foram bem e é isso que a Pia quer, todo mundo no mesmo nível, todo mundo pronto, porque cada jogo é muito importante e a gente vai precisar de todo mundo daqui pra frente. Agora, todas estão entrosadas, com ritmo de jogo, e prontas para essas quartas", concluiu a atleta.

O confronto contra o Canadá acontecerá às 5 horas (de Brasília) desta sexta-feira, no Miyagi Stadium, na cidade de Miyagi.