Publicidade
Câmara Federal

PSL vive dia de ‘guerra de listas’

O PSL – partido do presidente Jair Bolsonaro – viveu ontem mais um dia de “guerra de listas” na disputa pela liderança da legenda na Câmara Federal. Apenas ontem, ao menos três foram protocoladas na Secretária-Geral da Casa (SGM). A primeira, logo pela manhã, articulada pelo líder do governo na Câmara, Vitor Hugo (GO), destituiu o Delegado Waldir (GO) da função e colocou um dos filhos do presidente, Eduardo Bolsonaro (SP) no lugar.
Depois dessa, outros documentos foram protocolados. Um pedindo Waldir como líder e outro Eduardo. O que deve prevalecer é o pedido que tiver o maior número de assinaturas válidas, mas os dois últimos pedidos ainda estão sendo avaliados pela SGM.
A confusão foi tanta que o próprio Eduardo confirmou ter dúvidas sobre se deve permanecer no comando da bancada ou não. “Está sendo protocolada uma sucessão de listas, vamos esperar para ver como é que vai isso daí. Uma hora os deputados vão parar de assinar uma lista ou outra”, disse ele.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES