Publicidade

PUCPR sedia pela quinta vez o Global Game Jam

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) será, pela 5° vez, uma das sedes do Global Game Jam (GGJ), Encontro Internacional de Desenvolvimento de Jogos que acontece simultaneamente em todo o mundo. O evento começa amanhã, às 18 horas, e segue até domingo, em cerca de 350 sedes distribuídas em países de todos os continentes. No total, o evento reúne mais de 15 mil participantes. De acordo com ranking oficial, disponível no site globalgamejam.org, a PUCPR recebeu até o momento 288 inscrições. Na Universidade, as atividades acontecem no Bloco Azul.


O objetivo do encontro é que os jammers (nome dado aos participantes) desenvolvam jogos a partir de um tema comum que é revelado somente no início da jornada. Durante todo o período da competição, os jammers ficam nas sedes em período integral. Levam colchonetes, cobertores, travesseiros e se preparam para passar dois dias com refeições à base de fast food, sendo que a pizza figura entre os pratos preferidos. Depois do evento, todos os jogos ficam disponíveis na internet e é feito o ranking dos mais acessados. Na edição 2013 do GGJ, a PUCPR foi a maior sede do mundo e a que gerou mais jogos.


São envolvidos diversos profissionais e amadores das áreas de criação de games: artistas, programadores, músicos, designers, entre outros. Os alunos do curso Técnico Integrado em informativa do TECPUC também irão participar, com a missão de desenvolver jogos de tabuleiro. Os demais jammers são de outras universidades e empresas de jogos de diversos locais do país como Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais.
Ao final da maratona, não há premiação, a intenção é que cada equipe tenha um jogo novo em seu portfólio, além de aumentar a rede de contatos na área de desenvolvimento de jogos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES