LEILÃO

Quadro Negro recupera R$ 1,15 milhões

Leilão realizado na segunda-feira, resultará na destinação de aproximadamente R$ 1,15 milhão aos cofres públicos do Estado. O valor foi arrecadado a partir do arremate de bens de um dos réus da Operação Quadro Negro, investigação do Ministério Público do Paraná sobre desvios de recursos destinados a construções e reformas de escolas públicas no Paraná. A entrega dos bens constou de acordo de colaboração premiada firmado pelo réu – o ex-diretor da Secretaria de Estado da Educação, Maurício Fanini – delator do caso. Ele responde pelos crimes de corrupção passiva, fraude a licitação e organização criminosa na 9ª Vara Criminal de Curitiba.
O valor foi alcançado com o leilão de um imóvel – apartamento localizado no bairro Cabral, em Curitiba, no valor de R$ 1,1 milhão – e de um veículo, cotado por R$ 55,5 mil.