Publicidade
Vegetação divide espaços com o concreto

Qual é a regional mais verde de Curitiba? Resultado surpreende

Jardinete no Vista Alegre ganha parquinho, pista e revitaliza\u00e7\u00e3o
Jardinete no Vista Alegre ganha parquinho, pista e revitaliza\u00e7\u00e3o (Foto: Franklin de Freitas)

Não é de hoje que Curitiba sustenta o epíteto de Capital Ecológica. Eleito em 2015 por um estudo da Siemens como a cidade mais verde do Brasil e da América Latina, o município se destaca pelo grande número de áreas verde urbana, ou seja, pela quantidade de bosques, jardinetes, parques, praças e outros espaços com predomínio de vegetação.
De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), a Capital conta atualmente com 1.098 áreas verdes, que ocupam um espaço de 12.980.834 metros quadrados no município (ou 12,98 quilômetros quadrados de um total de 434.967 km² do município). 
A maior parte desses espaços, estão localizados na regional Matriz. Uma espécie de coração da cidade, a região possui um total de 225 áreas verde, sendo que 54 desses espaços estão nos bairros Centro, Centro Cívico e São Francisco. 
Se considerado a extensão da área verde, o destaque fica para a regional de Santa Felicidade, que possui um total de 101 logradouros que ocupam uma área superior a 8,5 mil metros quadrados. É ali que fica a maior área de preservação a cidade: o Parque Passaúna, no bairro Augusta, com uma área total de 6,5 mil metros quadrados.
Interessante notar, ainda, como Curitiba tem sido contramão no desenvolvimento urbano sob esse aspecto ecológico. Enquanto na maioria das grandes cidades os espaços públicos tem sido “engolidos” pelo crescimento da população, na Cidade Modelo o número está em crescimento. Em 1988 haviam cinco parques e cinco bosques na cidade. Em 2012, eram 21 parques, 15 bosques e 895 praças e jardinetes, entre outras áreas. Hoje, já são 27 parques, 16 bosques e 1.032 praças e jardinetes.
Um desses espaços, inclusive, está sendo revitalizado. É que o Jardinete Deputado Ladislay Lachowski, na Rua Arthur Leinig, 635, no bairro Vista Alegre, está recebendo a implantação de um parquinho de tronco, uma pista de caminhada e um minianfiteatro. A previsão de conclusão dos trabalhos, que ainda incluem a revitalização do gramado, é para o início do mês de agosto. 

Área Verde – Curitiba
Tipo    Número de locais (área)
Parques    27 (7.943.595 m²)
Bosques    16 (794.783 m²)
Jardim Botânico    01 (278.000 m²)
RPPNMs    22 (252.545 m²)
Praças / Jardinetes / Eixos / Largos/ Jd. Ambientais/Núcleos Ambientais    1032 (3.711.911 m²)
TOTAL    1.098 (12.980.834 m²)

Em crescimento constante
 Curitiba foi reconhecida pela Associação dos Protetores de Áreas Verdes de Curitiba e RMC (Apave) como a capital com o maior número de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) no Brasil.
O destaque, no Facebook da entidade, veio após a criação da 22ª reserva curitibana – aqui chamada Reserva Particular do Patrimônio Natural Municipal (RPPNM) – que aconteceu no final de junho, em solenidade no Parque Tanguá.
De 2017 para cá foram criadas cinco reservas particulares. A defesa do patrimônio natural e ambiental está entre as prioridades da administração municipal. “As RPPNMs  são um grande reforço para o nosso índice de 60 metros quadrados de área verde por habitante de Curitiba”, destaca o prefeito Rafael Greca. A Organização Mundial da Saúde recomenda o índice de 12 metros quadrados por habitante.
 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES