Aulas on-line

Quase 27 mil pessoas acessaram os vídeos da Secretaria de Esporte e Lazer para exercícios físicos em casa. Veja os vídeos

(Foto: Divulgação/SMELJ)

As três primeiras aulas em vídeo disponibilizadas pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) nas redes sociais já foram vistas por cerca de 26,7 mil pessoas. Desde segunda-feira (23/3), sempre às 9h30, as aulas em vídeo são divulgadas pelo Facebook da Smelj e também disponibilizadas em outras redes sociais da Prefeitura. As aulas podem ser acessadas novamente para as pessoas repetirem os exercícios quantas vezes quiserem.

Até agora foram apresentados exercícios de alongamento e de aero local, mas os profissionais têm preparado aulas diferentes e atrativas para que todos possam manter o movimento do corpo. Nas aulas, os profissionais ensinam como as pessoas podem fazer exercícios físicos dentro de casa. As três primeiras aulas foram conduzidas pelos professores Simone Cordeiro, Eloise De Freitas e Regiane Atallah.

Assista aqui aos três vídeos
Aula 1
Aula 2
Aula 3

Seguindo as determinações da Secretaria Municipal da Saúde, e do Comitê de Técnica e Ética Médica da Prefeitura, que recomendam a não aglomeração de pessoas para evitar o contágio pelo novo coronavírus, desde segunda-feira (23/3) todos os 36 Centros Esportivos da Prefeitura estão fechados para o público.

“As aulas em vídeo são uma maneira de as pessoas continuarem a se exercitar, mesmo dentro de casa, e assim manter o sistema imunológico fortalecido” explicou o secretário do Esporte, Lazer e Juventude, Emilio Trautwein.

Além das fronteiras
Levantamento feito pela Smelj mostra que as aulas foram vistas não apenas em Curitiba, mas também em outros estados como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

A iniciativa foi elogiada pelos internautas. “Compartilhamos com amigas. Para que neste momento delicado possam ter esta oportunidade de exercícios mantendo a saúde física e mental. Muito, muito obrigado pela iniciativa e colaboração”, disse Sueli Doszanet, de Curitiba.

Vanadir Rechi, moradora de Curitiba, também deixou um comentário elogiando os professores da Smelj. “Obrigada pessoal, neste momento difícil que estamos passando vocês não imaginam o quão foi gratificante essa aula, me fez sentir muito bem e agradecida”, comentou.

Mulheres são a maioria
As três primeiras aulas foram vistas por 11,7 mil pessoas ao vivo durante suas estreias. Depois que os vídeos ficaram disponíveis na timeline da página do Facebook da secretaria, outras 15 mil pessoas também assistiram.

O maior público acompanhando as aulas é formado por mulheres (86,4%), e a faixa etária com mais adeptos é entre 35 a 54 anos de idade. Mas os idosos também têm acompanhado, representando 10,9% entre as pessoas que assistem e tem se exercitado em casa com as orientações dos profissionais de Educação Física da Smelj.