Publicidade
Vôos

Quatro principais aeroportos do Paraná serão privatizados ainda neste ano

(Foto: Divulgação Infraero)

Quatro aeroportos do Paraná serão privatizados, de acordo com o Ministério da Infraestrutura. A previsão da pasta é a de que os leilões para concessão dos terminais ocorram em 2020. Em março deste ano, após o leilão dos três blocos de aeroportos do Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste, o governo federal vai anunciar a próxima rodada de concessões, que terá o Afonso Pena como principal, segundo o ministério.

Com isso, serão iniciados os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental. Também serão privatizados os aeroportos do Bacacheri (Curitiba), Governador José Richa (Londrina) e o de Foz do Iguaçu. Outros terminais do Sul devem compor o bloco de leilões.

Segundo com o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), que esteve em Brasília na terça-feira, 12, para tratar do assunto, os investimentos mais pesados serão nos aeroportos de Londrina e Foz do Iguaçu. Ratinho Junior afirmou que em Londrina os investimentos serão em tecnologia, para permitir pousos e decolagens com mau tempo. Em Foz, haverá aumento da pista para receber voos internacionais.

No Afonso Pena, Ratinho explica que haverá investimentos em tecnologia, equipamentos, nos acessos e aumento do pátio de estacionamento. Já o terminal do Bacacheri, que não tem como ter a pista aumentada, está prevista a modernização do estrutura, inclusive de equipamentos, ainda segundo o governador.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES