GENTE DE BEM

Quem tem fome, tem pressa. Campanhas arrecadam alimentos

Drive thru foi montado no Palácio Iguaçu para arrecadar alimentos destinados a famílias em vulnerabilidade
Drive thru foi montado no Palácio Iguaçu para arrecadar alimentos destinados a famílias em vulnerabilidade (Foto: Franklin de Freitas)

Servidores públicos de diversos órgãos do Paraná se uniram para ajudar as famílias mais vulneráveis durante a pandemia de coronavírus. Lançada na segunda-feira, a campanha Cesta Solidária Paraná busca arrecadar alimentos que serão distribuídos em diferentes cidades de todas as regiões do Estado. Em Curitiba, um dos pontos de coleta é um drive thru montado no Palácio Iguaçu.

A iniciativa é liderada pela Superintendência Geral de Ação Solidária do Paraná, com apoio da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Ministério Público do Paraná (MP-PR) e Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). A arrecadação vai até o próximo sábado.
Mas não é a única. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, e o consequente distanciamento social que obrigou muitos a interromperem seus trabalhos — no caso trabalhadores informais —, ou aqueles que perderam empregos ou que dependiam de outros programas, as campanhas de arrecadação de alimentos começaram a ser realizados.

Na Vila Torres, a Província Marista Brasil Centro-Sul, Grupo Marista e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), faz campanha pelos moradores mais necessitados da região desde março.

Outra campanha, a Pedreira do Bem, que acontece na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, já arrecadou mais de 26 toneladas de alimentos não-perecíveis. O projeto já beneficiou 63 instituições cadastradas pela Fundação de Ação Social de Curitiba, a FAS e será finalizado no domingo.

A campanha “Somos Mais Arq.PR”, completou seis semanas de arrecadação e já ajudou mais de 6 mil famílias de Curitiba e Região Metropolitana. O grupo tem angariado fundos para a doação de alimentos, itens de higiene e entrega de álcool gel. Até o momento, mais de 60 comunidades já receberam a ajuda da rede, que une arquitetos paranaenses.

A Fundação de Ação Social (FAS) recebeu, nesta terça-feira (19), a doação de 300 cestas básicas da Multilog, empresa de logística, armazenagem e transporte. Essa foi a primeira remessa de alimentos entregue pela empresa, que nos próximos dias enviará também à fundação 4.000 litros de água sanitária, 4.000 litros de detergente, 400 unidades de pasta de dente, 400 escovas de dente e 200 xampus.

Nes semana, feirantes de Curitiba doaram 1,4 tonelada de hortifrutigranjeiros para o Mesa Solidária na primeira semana de participação dos comerciantes no programa da Prefeitura de apoio a pessoas em situação de rua.