Publicidade
Estradas

Radar flagra BMW a 241 km/h, “recorde” de velocidade no Paraná

Multa para o \"recordista\" de velocidade no Paran\u00e1
Multa para o \"recordista\" de velocidade no Paran\u00e1 (Foto: Divulgação/PRF)

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na tarde desta sexta-feira (29) um carro a uma velocidade de 241 quilômetros por hora em Campo Mourão, no centro-oeste do Paraná.

Essa velocidade é a maior já registrada por um radar da PRF em toda a história da instituição no estado. E uma das maiores --senão a maior-- registrada este ano em todo o país.

Clique aqui para ver o vídeo da infração.

O carro, da montadora BMW, transitava por um trecho de pista simples da BR-369 onde o limite sinalizado é de 110 km/h. Ele estava, portanto, a mais que o dobro do limite máximo para o local.

A 241 km/h, um carro percorre, em apenas um segundo, uma distância de quase 67 metros.

Até então, o maior velocidade registrada por um radar da PRF no Paraná havia sido 221 km/h, em Cascavel, na BR-277, em dezembro de 2014.


Multa e suspensão
O proprietário da BMW receberá, pelos Correios, uma multa no valor de R$ 880,41. Além disso, responderá um processo administrativo de suspensão da carteira de motorista.

O prazo dessa suspensão varia de dois a oito meses, mas pode chegar a um ano e meio, em caso de reincidência.

Durante cerca de 90 minutos de operação, a equipe da PRF flagrou um total de 35 veículos acima do limite de velocidade na BR-369.

Velocidade x acidentes
Velocidade incompatível foi a principal causa de mortes em rodovias federais durante o primeiro trimestre deste ano. Ao menos 28,6% das mortes registradas pela PRF ocorreram em acidentes relacionados a excesso de velocidade.

Quem eventualmente presenciar algum tipo de situação de risco ou imprudência nas rodovias federais de todo o país pode acionar a PRF pelo telefone de emergência 191. 

A PRF prioriza os trechos onde há maior incidência de acidentes graves para realizar suas operações de controle de velocidade.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES