Lil Pump

Rapper se recusa a usar máscara em voo e é banido por empresa aérea

Foto do rapper feita em 2018, após ele ser detido por dirigir sem licença
Foto do rapper feita em 2018, após ele ser detido por dirigir sem licença (Foto: Divulgação)

O rapper americano Lil Pump conseguiu o feito de ser banido para sempre por uma companhia aérea. Isso aconteceu no último domingo (27 de dezembro), quando o artista pegou um voo da JetBlue e se recusou a usar máscara, ofendendo ainda membros da tripulação que pediam para que ele respeitasse os protocolos de segurança contra a Covid-19.

Segundo informações do USA Today, o rapper fazia um voo de Fort Lauderdale, na Flórida, para Los Angeles. Ele faria o voo de volta pela mesma companhia, mas a empresa cancelou sua passagem e anunciou que "ele não é mais bem-vindo para voar na JetBlue".

Segundo o relato de Derek Dombrowski, porta-voz da companhia aérea, o rapper foi "verbalmente abusivo" com membros da tripulação. Ele ainda destacou que "a segurança de todos os clientes e tripulantes é a primeira prioridade".

Lil Pump, por sua vez, gravou um vídeo afirmando que o "coronavírus é uma farsa" e mandou a companhia e todo mundo que trabalhar lá ir se f...

"Em 2021, eu não vou usar máscara. Eu não tenho que usar a porra de máscara alguma", declarou o rapper, que foi um dos apoiadores de Donald Trump na última campanha presidencial, inclusive participando de um comício do republicano, derrotado pelo democrata Joe Biden no pleito.