Assine e navegue sem anúncios [+]
Recorde

Paraná é o vice-campeão nacional em apreensão de muamba

(Foto: Divulgação/Receita Federal)

A apreensão de mercadorias irregulares pela Receita Federal voltou a bater recorde em 2019. Segundo balanço divulgado ontem, o órgão confiscou R$ 3.256.750.247,91 em contrabando no ano passado, valor 3,22% maior que o registrado em 2018. Neste cenário, destaque para Paraná e São Paulo, que juntos representam quase a metade do valor apreendido no ano passado. São Paulo aparece no topo, com R$ 746,1 milhões em apreensões, seguido de perto pelo Paraná, R$ 733,7 milhões.

Do total de mercadorias apreendidas, os itens que lideraram a lista de bens apreendidos foram cigarros (35,67%), eletroeletrônicos (11,42%), vestuário (7,02%) e brinquedos (4,71%). O número de operações de vigilância e repressão aduaneira em 2019 também foi recorde, atingindo 4.955 operações contra 3.347 realizadas em 2018.

Para a Receita Federal, o resultado é fruto do investimento em tecnologia, da capacitação dos servidores e da utilização dos instrumentos adequados, como scanners e cães de faro, além da própria intensificação das operações de vigilância e repressão aduaneira.

Cocaína
Além disso, o Paraná também é um dos estados com mais apreensões de cocaína feitas pela Receita. Em 2019, foram 15,23 toneladas só no Porto de Paranaguá, um recorde histórico para a unidade aduaneira, já que supera em 211% o montante apreendido em 2018, que foi de 4,89 toneladas. Essas mais de 15 toneladas representaram 26% do total de cocaína apreendidoa no País, que foi de 57,15 toneladas.

O valor das apreensões por Estado

UF

Valor(R$)

SP

746.152.145,97

PR

733.706.741,54

RJ

499.979.534,65

MS

368.728.558,66

SC

328.200.691,69

RS

166.318.902,16

GO

81.795.590,81

MG

71.593.530,42

BA

60.950.124,63

MA

56.226.259,06

PE

36.383.047,23

CE

25.377.451,59

PB

14.135.938,70

MT

11.873.320,84

AM

10.125.186,48

PA

8.670.877,32

ES

8.379.253,80

DF

4.621.924,32

RO

4.564.307,61

SE

4.402.711,31

RR

3.720.243,70

AC

1.984.344,26

RN

1.377.101,26

AP

531.924,85

AL

160.265,00

TO

90.385,05

BRASIL

3.256.750.247,91

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK