Recursos para Inovagro e parte do Pronaf já se esgotaram para este ano-safra

Quase quatro meses após o início do Plano Safra 2020/21, em 1º de julho, os recursos de duas linhas de crédito rural já se esgotaram. Segundo circulares do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgadas em seu site, a linha Inovagro e parte da linha do Pronaf Investimento tiveram novos financiamentos suspensos "em razão do nível de comprometimento de recursos disponíveis para o Ano Agrícola 2020/21".

No caso do Pronaf Investimentos, informa a circular do BNDES, a suspensão ocorreu exclusivamente nas linhas de crédito com taxa de juros prefixada de até 4% ao ano. "A suspensão não se aplica aos financiamentos destinados à aquisição de caminhonetes de carga e de motocicletas adaptadas à atividade rural, bem como à aquisição de tratores e implementos associados, colheitadeiras e suas plataformas de corte, assim como máquinas agrícolas autopropelidas para pulverização e adubação, no âmbito do Pronaf Investimento", ressalva o banco de fomento.

Em relação ao Inovagro, linha destinada à inovação tecnológica na produção agropecuária, houve comprometimento total dos recursos, mesmo eles sendo 33% maiores este ano-safra em relação ao anterior, somando R$ 2 bilhões. Já as linhas totais do Pronaf (custeio, comercialização e investimento) somam, no atual ciclo, R$ 33 bilhões, volume 5,7% maior ante 2019/20.