Publicidade
Educação

Rede estadual do Paraná vai ofertar mais 20 mil vagas no ensino médio

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte vai ampliar em mais de 20 mil o número de vagas para o Ensino Médio no período diurno para o ano letivo de 2020. A maior oferta vai possibilitar que mais estudantes tenham opção entre um dos dois turnos, o que hoje não é possível devido à fila de espera por vagas no diurno.
A medida será possível graças ao remanejamento de vagas ociosas no período noturno, que registra redução de matrículas e índice de abandono elevado. Segundo a assessoria de imprensa da secretaria, a Diretoria de Planejamento não vai divulgar onde estão as vagas. Os alunos que preferem ir para o ensino diurno devem consultar as suas escolas para verificar se há novas vagas e se inscrever.
Um amplo estudo realizado pela secretaria estadual sobre o aproveitamento do Ensino Médio diurno e noturno a partir do Censo Escolar mostrou que os índices de abandono são muito superiores no período da noite. Em 2018, por exemplo, enquanto no período diurno 3,6% dos estudantes abandonaram os estudos, no noturno esse índice chegou a 17,7%. Em consequência, o número de matrículas para o período também tem caído – em 2015 foram 129 mil matrículas e o ano passado 102 mil.
“Observamos que a procura pelo ensino noturno tem caído e, além disso, o índice de abandono é alto. A média dos últimos anos foi de 18%. Diante disso e considerando que temos fila de espera por vagas no diurno, fizemos o remanejamento das vagas. A medida atende uma demanda da comunidade e, ainda, tem efeito direto sobre o abandono escolar”, explica o diretor de Planejamento e Gestão Escolar, Renan Compagnoli.
O combate ao abandono escolar e às consequências futuras decorrentes motivou a medida.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES