Copa do Brasil

'Reestruturar o clube não é da noite para o dia', afirma técnico do Paraná

Maurílio
Maurílio (Foto: Divulgação/Paraná Clube)

O técnico do Paraná Clube, Maurílio, lamentou a derrota para o Cianorte, nessa quarta-feira (dia 10), e culpou a 'herança' da gestão anterior. “Herdamos uma situação e a gente vem num trabalho incansável tentando mudar isso”, afirmou, em entrevista para as rádios Transamérica e Banda B, no estádio Albino Turbay. “Reestruturar o clube não é do dia para noite”, disse.

Maurílio falou sobre o ambiente no elenco. “O clima nosso aqui é muito triste. A gente não imaginava um resultado como esse. Nos preparamos para fazer o melhor. O Renan era o único remanescente e vivíamos essa ansiedade de estreia. Fizemos uma partida bastante produtiva. Aí tivemos desgaste e alguns atletas que tiveram que sair. Mas não podemos lametar e ficar pensando no que deu de errado. O Paraná não pode ter cansaço, não pode ter nada: temos que superar tudo”, declarou. “Estou arrasado. Queria dar alegria para meu torcedor”, desabafou. “Temos que deixar os atletas viverem esse momento”, disse.

Em relação ao jogo, Maurílio lamentou. “Em chutes e finalizações, acredito que tivemos um índice maior”, afirmou. “E acabamos surpreendidos por um chute de longa distância”, comentou. “Após as mexidas, tivemos um recuo”, disse. “E não dá para ficar lamentando a arbitragem. Não estamos aqui para transferir (responsabilidade)”, declarou.