Publicidade
No governo

Regina Duarte aceita assumir a Cultura, mas por um 'período de testes'

(Foto: Reprodução/Twitter)

A atriz Regina Duarte, aceitou assumir a Secretaria de Cultura do governo do presidente Jair Bolsonaro. Nesta tarde de segunda-feira (20) ela se encontrou pessoalmente com Bolsonaro. Porém, ela pediu um período de "testes" até aceitar ficar na pasta definitivamente.

O nome de Regina veio logo após o então secretário, o dramaturgo Roberto Alvim, ser exonerado, depois usar trechos de um discurso do nazista Joseph Goebbelspara falar sobre o futuro da cultura no País.

Regina deve ir a Brasília ainda nesta semana para se "ambientar" com a função.

Em comunicado enviado pela assessoria do Palácio do Planalto, o governo diz que ela estará em Brasília na quarta-feira (22) para conhecer a secretaria, cujo cargo que era de Roberto Alvim, demitido na sexta-feira passada.

"Após conversa produtiva com o presidente Jair Bolsonaro, Regina Duarte estará em Brasília na próxima quarta-feira, 22, para conhecer a Secretaria Nacional de Cultura do governo federal. 'Estamos noivando', disse a artista após o encontro ocorrido nesta tarde no Rio de Janeiro", diz comunicado da Secretaria de Comunicação da Presidência.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES