Universidade

Reitor da UFPR é eleito novo presidente da Andifes

(Foto: Divulgação)

O reitor Ricardo Marcelo Fonseca foi eleito presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) para o mandato 2022-2023, na manhã desta sexta-feira (29), durante a CLXXXVIII Reunião Ordinária do Conselho Pleno, em Brasília.  Ele assume a presidência em substituição ao reitor Marcus Vinicius David, da Universidade Federal de Juiz de Fora.

É a segunda vez na história que um reitor da UFPR é eleito presidente da entidade. O primeiro, foi o reitor Carlos Antunes, gestão Andifes 2000-2001.

A eleição foi disputada por chapa única, que foi eleita por unanimidade de votos. Além do reitor Ricardo Marcelo Fonseca (presidente), também foram eleitos os reitores Dácio Roberto Matheus, da Universidade Federal do ABC (1° vice-presidente); Alfredo Macedo Gomes, da Universidade Federal de Pernambuco (suplente); Marcele Regina Nogueira Pereira, da Universidade Federal de Rondônia (2° vice-presidente); e Evandro Aparecido Soares da Silva, da Universidade Federal de Mato Grosso (suplente).

Da esquerda para a direita: reitor Alfredo Macedo Gomes (UFPE), reitor Ricardo Marcelo Fonseca (UFPR), reitor Evandro Aparecido Soares da Silva (UFMT) e reitor Dácio Roberto Matheus (UFABC).

“Esta será uma diretoria de uma eventual transição governamental, onde a Andifes e o conjunto das universidades vão ter que se inserir de maneira incisiva nos debates sobre a educação superior, mas também sobre os rumos do país”, afirmou o reitor Ricardo Marcelo Fonseca.

A Andifes

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes, criada em 23 de maio de 1989, é a representante oficial das universidades federais na interlocução com o governo federal, com as associações de professores, de técnico-administrativos, de estudantes e com a sociedade em geral.

Atualmente, a Andifes é composta por 2 Centros Federais de Educação Tecnológica (CEFETs), 2 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFETs) e 69 universidades federais – localizadas em todos os estados da Federação e no Distrito Federal.