Publicidade
CLIENTE FINAL

Renault Zoe circula no dia a dia das ruas de Curitiba

Fábio e Ângela Filipini abastecem o seu Zoe elétrico
Fábio e Ângela Filipini abastecem o seu Zoe elétrico (Foto: Divulgação)

Até então os 170 veículos elétricos da marca Renault que circulavam no Brasil estavam nas mãos de entidades públicas ou frotistas. Durante o Salão de São Paulo a marca francesa começou a comercializar o Zoe para consumidores finais, e das 20 unidades vendidas até agora, o último foi entregue em Curitiba, é o primeiro elétrico Renault a circular no dia a dia da cidade.

Os proprietários é o casal Fábio e Ângela Filipini, que incluirão o Zoe em suas rotinas diárias, mas para isso terão que fazer algumas adaptações.

Uma carga na bateria do Zoe tem autonomia de 300 quilômetros, mais do que suficiente para as atividades diárias do casal que usarão o carro para ir ao trabalho, ao supermercado, que com certeza a melhor opção será da rede Condor onde Ângela poderá deixar o carro abastecendo em uma tomada enquanto efetua as compras, já os passeios serão limitados pois para viagens tranquilas precisão usar a única eletrovia já implantada no país, entre Paranaguá e Foz do Iguaçu, essa a vantagem de morarem em Curitiba mas esse é um dos preços de ser inovador, o próprio Fábio usa uma frase de Mahatma Gandhi para explicar sua atitude: “Seja a mudança que você gostaria de ver no mundo”.

Outro custo da inovação é o financeiro, afinal o preço ainda é salgado para ter um carro 100% elétrico no Brasil, o casal Filipini desembolsou R$ 149.990, mais a estação de recarga que custa entre R$ 6.500, a R$ 9.000, preço diferenciado pelo tempo de recarga.

O Zoe utiliza baterias de lítio de 41 kWh, que equivale 90 cv de potência e 22,4 kgfm de torque, além de uma autonomia de 320 km a 370 km, como o custo de 1 kWh no Paraná é próximo a R$ 1, para uma carga completa sairá por R$ 40, (para percorrer a mesma distância com gasolina custaria em torno de R$ 150.

A empolgação dos proprietários da empresa Graphus Energia era enorme, enquanto recebiam o Zoe na Globo Renault no Alto da XV, uma das duas únicas concessionárias da marca credenciadas a dar suporte para a novidade.

O preço é ainda salgado, mas com esperanças de ir “adoçando” com o tempo, principalmente com os incentivos fiscais como os já em vigor como redução da taxa de importação e IPI que hoje custa perto de um carro popular e os projetos, como no Paraná de isenção de ICMS e IPVA, mas tudo tem seu tempo como exemplificou Fábio Filipini comparando com as lâmpadas de LED com custo alto no lançamento e hoje já substitui grande parte das incandescentes e fluorescentes,, assim deverá ser também os veículos, que na transição passarão pelo híbridos até o complemento de toda logística de suporte dos 100% elétricos.

FICHA TÉCNICA
Renault Zoe
Subcompacto
Preço sugerido: A partir de R$ 149.990
Carregador: “R$ 6,5 mil (recarga total em até 11h) e R$ 9 mil (até 1,5h)”
Velocidade máxima: 135 km/h
Aceleração 0 a 100 km/h: 13,2 segundos
Tração: dianteira
Câmbio: Automático de uma marcha
Potência: 92 HP
Volume de carga: Básica: 338 l
Peso: 1.500 kg

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES