Ônibus

Repasse de R$ 174 milhões avança

A Comissão de Economia da Câmara Municipal de Curitiba aprovou ontem, parecer favorável do vereador Márcio Barros (PSD) a projeto do prefeito Rafael Greca (União) que prevê o repasse de mais R$ 174 milhões às empresas de ônibus da Capita. A prefeitura alega que os recursos são necessários para compensar a diferença entre a tarifa técnica paga às empresas, de R$ 6,37 e a tarifa cobrada do usuário, de R$ 5,50.
Na semana passada, outro parecer, do vereador Osías Moraes (Republicanos), também favorável à proposta, acabou não sendo aprovado, por ter recebido apenas três votos, e não os cinco necessários. Por isso, Barros foi designado como novo relator da projeto.
Ontem, em discussão na Câmara, o secretário municipal de Finanças, Cristiano Hotz, defendeu a medida. “É preciso desmistificar o suporte financeiro ao transporte coletivo. Esse recurso é para o usuário, que não vai ter que pagar mais para andar de ônibus. Não se trata de um benefício para as empresas e sim para o trabalhador que precisa usar o sistema”. afirmou Hotz.