Publicidade

Repressão a protesto mata 4 e fere 48 no Iraque

As forças de segurança do Iraque dispararam ontem munição letal e cilindros de gás lacrimogêneo contra manifestantes em Bagdá, matando 4 pessoas e ferindo outras 48, disseram fontes médicas.

Mais de 300 pessoas foram mortas desde o início dos protestos contra o governo em Bagdá e no sul do Iraque, em outubro, os maiores desde a queda de Saddam Hussein, em 2003. O Iraque é um dos países mais corruptos do mundo, onde os cargos são distribuídos segundo as religiões e as etnias. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES