Brasileirão

Ricardo Oliveira agradece apoio da torcida ao encerrar jejum no Atlético-MG

Foram 15 jogos de muita frustração e ansiedade, mas finalmente Ricardo Oliveira voltou a balançar as redes. O gol na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, na noite deste sábado, no Independência, custou a sair, uma vez que o atacante perdeu uma série de oportunidades na partida antes de marcar.

O alívio foi ainda maior por causa disso, e atingiu não só o atacante como também todos os companheiros, fato que o deixou bastante emocionado. Todos foram abraçá-lo no momento do gol, inclusive os reservas. "É um sentimento de muita alegria saber que, afinal de contas, o trabalho foi recompensado, a determinação, a entrega, a fé. Eu pude sentir todo o apoio dos meus companheiros. Todo mundo estava falando: Hoje vai sair. Tinha que sair de qualquer jeito. A torcida me deixa muito feliz, eles sabem que apesar de todas as dificuldades, a bola não ter entrado, eu nunca deixei de dar o meu melhor todos os dias", afirmou Ricardo Oliveira.

Ele ainda comentou sobre a reação da torcida. "Vocês puderam ver como celebraram meu gol, me ovacionaram, gritaram o meu. O trabalho foi recompensado e eu fico muito grato ao torcedor atleticano. Já me criticaram bastante, e com razão, mas também me apoiaram muito. As individualidades só vão sobressair quando o coletivo trabalha junto. Graças a Deus eu pude fazer esse gol e tirar esse peso das costas", completou.

Agora com 14 gols em 34 jogos na temporada, Ricardo Oliveira estava sem marcar desde 27 de abril, quando o Atlético venceu o hoje lanterna do Brasileirão Avaí por 2 a 1. Com a quebra do jejum, ele ajudou o time mineiro a seguir dentro do G4, em quarto lugar, com os mesmos 27 pontos do Flamengo, mas em desvantagem no saldo de gols.