SPOOFING

Richa ganha acesso a mensagens

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, permitiu que a defesa do ex-governador Beto Richa (PSDB) tenha acesso aos diálogos da Operação Spoofing. Tratam-se das conversas atribuídas a integrantes da força-tarefa da Lava Jato, obtidas por hackers e apreendidas pela Polícia Federal. No entanto, Gilmar vinculou o compartilhamento das provas à autorização do ministro Ricardo Lewandowski, que é relator de processo que garantiu a Lula o acesso às mensagens hackeadas.
Ao solicitar a Gilmar o acesso, a defesa de Beto Richa alegou que as conversas indicariam suposto ‘uso político’ do processo contra o ex-governador. Na decisão proferida nesta segunda, 21, Gilmar chegou a reproduzir alguns dos diálogos atribuídos a procuradores da Lava Jato já publicizados, ponderando que as conversas sugerem a ‘adoção de estratégias acusatórias ilícitas’.