Publicidade
Confirmado

Rock in Rio anuncia Bon Jovi para o Palco Mundo

(Foto: Divulgação)

 As novidades não param e os anúncios seguem em ritmo frenético. Faltando menos de quatro meses para a venda oficial dos ingressos no dia 11 de abril, o Rock in Rio anuncia mais nomes para três áreas do festival. Bon Jovi, um dos maiores nomes da história do rock, está confirmado como headliner do Palco Mundo e encerra a noite do dia 29. Esta será a 5ª vez que a banda americana vem ao Rock in Rio, considerando sua presença nas edições de Madrid e Lisboa do festival.

A última etapa da turnê This House Is Not For Sale, que está na estrada há três anos, trará o Bon Jovi de volta ao Palco Mundo. Jon Bon Jovi (vocal / guitarra), Tico Torres (bateria / percussão), David Bryan (teclados / vocal), Hugh McDonald (baixo / vocal), Phil X (guitarra / vocal), John Shanks (guitarra / vocal) e Everett Bradley (percussão / vocal) estão prontos para apresentar uma performance memorável que irá encantar seus fãs.

No Palco Sunset, a novidade fica pelo anúncio do convidado de Seal: a baiana Xenia França, que vai participar de algumas canções no show especial que o artista americano está preparando para o evento. Um dueto inédito que irá juntar a voz rouca e poderosa de Seal ao carisma e o balanço de Xenia. Este encontro promete repetir o sucesso de 2017, quando o americano CeeLo Green e a artista brasileira Iza fizeram a festa da black music no Sunset.

Os artistas Dughettu, Lucas Hawkin e P-tróleo são as novas atrações confirmadas no Espaço Favela, área do festival que vai amplificar os talentos descobertos nas comunidades do Rio de Janeiro. Estes nomes são do selo musical Duto, criado pelo próprio Dughettu – músico, empreendedor e morador de Madureira –, dedicado para o desenvolvimento de novos nomes da música urbana. Com estilos musicais distintos que permeiam entre o hip-hop, samba e pop, eles levarão toda a diversidade da cultura urbana para a Cidade do Rock.

Sobre os artistas:

Bon Jovi

Com uma carreira de mais de 30 anos, 19 discos (originais, ao vivo e compilações), inúmeros sucessos nas paradas, como Livin’ On a Prayer, Wanted Dead or Alive, You Give Love A Bad Name, Bad Medicine, Bed of Roses e I’ll Be There for You, entre outros, a banda coleciona vários prêmios e já vendeu mais de 135 milhões de discos em todo o mundo.

Xenia França

A revelação baiana Xenia França lançou seu primeiro disco solo “XENIA” em 2017. Além de entrar nas listas dos melhores álbuns brasileiros do ano foi indicado ao Grammy Latino de 2018 como melhor disco e música por “Pra que me chamas?". O álbum reverencia a diáspora negra, passeando pelo pop com pitadas de música eletrônica, jazz e R&B e é pautado por temas como ancestralidade e preconceito racial. Inserida em um cenário artístico de resgate e propagação da cultura Afro-Brasileira, a cantora se transformou em uma referência de empoderamento e comportamento feminino, principalmente para as mulheres negras.

Dughettu

Um dos artistas mais atuantes nos territórios do rap e hip hop e vem liderando uma nova saga de talentos da música negra brasileira. Questionador, inquieto e vibrante, sua voz grave é um marcante elemento da sua figura. Antenado a tudo que o cerca e com um faro aguçado para o novo, em sua trajetória vem utilizando a música como ferramenta para potencializar a cultura urbana, na dupla função de artista e executivo do selo DUTO, espaço dedicado à música urbana, localizado em Madureira, Rio de Janeiro. Em suas apresentações, ele traz matrizes sonoras originais numa fusão entre Rap, Rock, Reggae e Soul, rompendo fronteiras entre os subúrbios das grandes cidades.

Lucas Hawkin

Lucas Henrique “Lucas Hawkin” é um cantor e compositor com influências do POP, MPB, R&B, JAZZ. Aos 15 anos começou a viver a música e, em 2016, foi selecionado para as audições do programa de TV The X Factor Brasil, conquistando o Top 15. Neste ano, o artista lançará seu single “Sonho Bom.

P-tróleo

O cantor, ator, compositor e produtor Thiago P-tróleo nasceu em fevereiro de 1987, cria do Barata no bairro Realengo. Seu trabalho é bem variado, do Samba ao Rap e do Funk ao Samba Rock. Ele comanda sua roda de samba na Zona Oeste e, recentemente, teve seu trabalho gravado pelo rapper DUGHETTU (Qsifô) e pelo grupo Vou Pro Sereno (Luz do Amor).

Sobre o Rock in Rio

O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985 e com 34 anos de vida, é parte relevante da história da música mundial. O evento já soma 19 edições, 112 dias e 2.038 atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 9,5 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock. Nas redes sociais, os números da edição de 2017 são bem impactantes. São 143 milhões de pessoas alcançadas por conversas espontâneas sobre o Rock in Rio e 41,9 milhões de visualizações de vídeos nas redes do festival somente durante os dias de evento.

Nascido no Rio de Janeiro, o evento conquistou não só o Brasil como, também, Portugal, Espanha e Estados Unidos, sempre com a ambição de levar todos os estilos de música aos mais variados públicos.

Muito mais que um evento de música, o Rock in Rio pauta-se também por ser um evento responsável e sustentável. Em 2001, por meio do projeto social “Por um mundo melhor”, assumiu o compromisso de conscientizar as pessoas para o fato de que pequenas atitudes no dia a dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, o Rock in Rio recebeu a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis, um reconhecimento do poder realizador da marca que desenvolve diversas ações com vista à construção de um mundo melhor, como a criação de 212,5 mil empregos diretos e indiretos no total das 19 edições, e mais de R$ 100 milhões investidos em causas socioambientais e a construção de um legado positivo para as cidades onde o evento é realizado. Em 2016, foi anunciado o Amazonia Live, projeto socioambiental do Rock in Rio, presente nas edições do festival até 2019 em todos os países onde o evento é realizado. Com o projeto, já foram angariadas mais de 73 milhões de árvores por meio de doações.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES