Eleições 2018

Ministra rebate Eduardo Bolsonaro e diz que instituições são sólidas

"Rosa Weber:  Justi\u00e7a Eleitoral \u201cn\u00e3o tem partido\u201d "
"Rosa Weber: Justi\u00e7a Eleitoral \u201cn\u00e3o tem partido\u201d " (Foto: José Cruz/Agência Brasil/)

Etchengoyen também afirmou que, até o momento, o setor de inteligência do governo não identificou “nenhuma operação sistemática de desestabilizar as eleições” e não há indício de ameaças ao pleito do próximo fim de semana.

“A partir da próxima segunda-feira (29), teremos um único presidente da República, que será obrigatoriamente o presidente de todos nós. Se o momento é difícil, o Brasil sempre encontrou a forma, o momento e as convergências para construir a conciliação necessária e a pacificação”, afirmou.

O ministro minimizou o impacto das notícias falsas (fake news) no curso da campanha presidencial.

“Existem muitos instrumentos para interferência do processo eleitoral. Fake news talvez seja o menor deles”, destacou.