Publicidade
Prevenção

Saiba como recuperar a saúde da pele após a exposição solar

(Foto: Divulgação)

Durante o verão é comum que as pessoas se exponham mais ao sol, seja por causa das férias, das viagens ou das temperaturas mais altas. Porém, o excesso de exposição pode ser perigoso, ainda mais se a pele não for devidamente protegida. “A exposição à radiação ultravioleta tem efeito cumulativo e os raios solares penetram profundamente na pele, podendo provocar diversas alterações relacionadas não só com o envelhecimento, mas também com o surgimento de pintas, sardas, manchas e até mesmo câncer”, explica o dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. Por isso, após a exposição solar prolongada ou sem proteção, é importante adotar alguns cuidados para recuperar a saúde e a beleza da pele que foi danificada pelo sol.

À medida que tomamos sol, por exemplo, nossa pele fica mais espessa e tende a desidratar-se. Para combater este problema, uma boa medida é unir proteção a hidratação trocando o seu fotoprotetor comum por um fotoprotetor com ativos hidratantes em sua fórmula. “Na hora de escolher um protetor solar, preste atenção na embalagem. Caso o filtro solar tenha propriedade hidratante, esta estará discriminada no rótulo. Além disso, é preciso ficar atento a nomes como Vitamina E e Ácido Hialurônico, que também são ativos hidratantes da nossa pele”, destaca o especialista.

Após a exposição solar em excesso, use também máscaras faciais hidratantes e calmantes. Por formarem um filme oclusivo, as máscaras facilitam a permeação dos ativos pela pele.  “A hidratação tópica da pele após a exposição solar é muito importante, pois, quando desidratado, o tecido não se renova de maneira regular, o que causa a piora da qualidade e textura da pele. Para evitar este problema, escolha máscaras faciais que contenham ativos como aloe vera, que possui propriedades hidratantes e calmantes ao mesmo tempo”, afirma o Dr. Jardis. Ativos como Hyaxel, Lipex Canola UB, Pro Barrier Repair e Nutriomega 3, 6, 7 e 9 podem ser usados no rosto e no corpo para recuperar a hidratação.

De acordo com o dermatologista, outra boa dica para melhorar a qualidade da pele após o verão é abusar da água termal. Além de refrescar a pele, a água termal auxilia na reposição dos micronutrientes e sais mineirais perdidos durante o processo de transpiração, o que mantém o equilíbrio e a saúde da pele. “Para colocar isso em prática, opte por água termal em spray e deixe-a na porta da geladeira, borrifando sobre o rosto várias vezes ao longo do dia”, completa.

Além disso, troque seu creme noturno por séruns ricos em antioxidantes, pois o sol acaba aumentando a produção de radicais livres, moléculas danosas que destroem as células, acelerando o envelhecimento. Os séruns com antioxidantes como Overnight Repair, Vitaminas C e E e resveratrol, vão ajudar a reduzir a quantidade dessas moléculas nocivas e evitar estragos futuros decorrentes do fotoenvelhecimento, como manchas, rugas e flacidez. “Um dermatologista pode prescrever um sérum manipulado com princípios ativos específicos para cada tipo de pele. Há ainda a opção de escolher cosméticos direto da prateleira, desde que contenham em sua fórmula ativos como Vitamina C, Vitamina E, Ácido ferúlico e Coenzima Q10”, recomenda o médico.

E a recuperação da pele não deve acontecer apenas por fora, mas por dentro também. Para isso, aposte em alimentos e suplementos ricos em antioxidantes. Segundo o Dr. Jardis Volpe, a suplementação de ativos como vitamina C, bio-arct, FC Oral, licopeno e betacaroteno ajudam a proteger a pele dos efeitos do sol, exercendo papel antioxidante e ajudando a manter o bronzeado saudável. “Porém, é sempre importante que você busque o auxílio de um dermatologista. Apenas ele poderá avaliar que tipo de tratamento sua pele precisa e quais cuidados devem ser tomados em cada caso”, finaliza.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES