Publicidade

Salão de Frankfurt 1


Um dos destaques no estande da Mercedes-Benz no Salão de Frankfurt, o Vision EQS representa aquilo que a Mercedes-Benz imagina que será o futuro da indústria automotiva. Porque duas coisas são atemporais: a necessidade de mobilidade e a necessidade de luxo. Com o show car elétrico, a Mercedes-Benz está fazendo uma declaração clara para o futuro contínuo de veículos de alta qualidade e direção autônoma. Uma produção combinada de mais de 350 kW fornece ao Vision EQS o desempenho de um carro super-esportivo. Graças à distribuição de torque inteligente e totalmente variável, a potência imediatamente disponível dos dois motores não é gerenciada apenas para o melhor manuseio possível, mas sobretudo para uma eficiência excepcional. Como resultado, graças a uma estratégia operacional inteligente, o modelo acelera de zero a 100 km/h em menos de 4,5 segundos e tem um alcance operacional de até 700 km, de acordo com o WLTP. Com uma potência de carga de 350 kW, o Vision EQS recarrega a bateria em 80% em menos de 20 minutos – ou seja, também estabelece novos padrões de eficiência nesse aspecto.


Salão de Frankfurt 2

Destaque no estande da Audi no Salão de Frankfurt, o AI: Trail possui tração integral e potência máxima de 408 cavalos. A Audi afirma que a autonomia do SUV elétrico está entre 400 e 450 km e a velocidade máxima é de 130 km/h. O AI: Trail tem 2,15 metros e 4,15 metros de comprimento. Devido ao tamanho avantajado dos pneus, a altura livre do solo é de 34 centímetros. A carroceria tem uma grande superfície envidraçada, para que os ocupantes tenham ótima visibilidade. Fabricado com aço, alumínio e fibra de carbono, o peso total do AI: Trail é de 1750 quilos. As portas traseiras abrem na direção oposta às portas da frente. Um dos detalhes mais inusitados é que a iluminação externa é feita por drones, chamados Audi Light Pathfinders. Além de iluminar o caminho, eles podem até enviar imagens para o motorista ver no painel de instrumentos.


Salão de Frankfurt 3

O carro mais potente produzido pela Lamborghini, com 830 cavalos, é um híbrido. No Salão de Frankfurt, a marca italiana apresentou seu primeiro modelo híbrido, o Sián. O hipereresportivo tem 830 cavalos de potência, desenvolvidos por um motor 6.5 litros V12 a gasolina, o mesmo do Aventador, e por um elétrico de 48 volts. Isso faz dele o carro mais potente já produzido pela marca italiana, superando o próprio Aventador, com seus 780 cavalos. O Sián acelera de zero a 100 km/h em 2,8 segundos e chega aos 350 km/h, segundo a fabricante. Apenas 63 unidades serão produzidas, para lembrar o ano de fundação da Lamborghini. Cada uma custa US$ 3,6 milhões (R$ 14,7 milhões) e todas já estão reservadas, de acordo com a marca.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES